ÚLTIMAS NOTÍCIAS COLOCADAS NESTE SÍTIO

 

- Orientações - Educação Pré-Escolar [26/05]

- Mostra de oferta formativa Barreiro | Moita [26/05]

- Concurso Eco-escolas: vota! [25/05]

- Informações-prova de Equivalência à Frequência [17/05]

- Última recomendações do Ministério da Educação [16/05]

- CMB - COVID-19 Declaração de estado de alerta e outras informações [17/05]

- Alunos do Agrupamento premiados [16/05]

- Colóquio dos Jovens Filósofos na revista "Mais Educativa" [17/05]

- Regresso às aulas presenciais - Justificação de faltas [14/05]

- Regresso às aulas presenciais - Horários [13/05]

- Regresso às aulas presenciais - Orientações aos alunos [11/05]

- Regresso às aulas presenciais - Orientações aos professores [11/05]

- Palavras de um Diretor [07/05]

- SPO - Conselhos para o Ensino à Distância [06/05]

- Matrículas para 2020/2021 [03/05]

- Concurso para 3 Assistentes Operacionais (PREVPAP) [30/04]

- "Tive 10 de CIF o ano passado. A disciplina está feita? [30/04]

- Pré-requisitos (Ensino Superior) - alterado o calendário [30/04]

- JNE Norma 01 (atualizada 29/04)

- JNE FAQs Secundário [27/04]

- JNE Novas Orientações para inscrição nas provas e exames [21/04]

- JNE FAQs 3º Ciclo [20/04]

- Plano de ação do Serviço de Psicologia e Orientação [20/04]

- Ensino à Distância - Procedimento disciplinar [17/04]

- Acesso ao Ensino Superior 2020 - Esclarecimento [17/04]

- Campanha #SerJovemEmCasa [17/04]

- Ensino à Distância - Esclarecimento [15/04]

- Mais Tutoriais em vídeo para uso do Teams [15/04]

- Pedidos de e-mail ou password [14/04]

- Alterações ao calendário escolar e de exames [14/04]

- Alterações às inscrições em exames finais nacionais [14/04]

- Alterações à avaliação externa [14/04]

- Deveres dos alunos em regime não presencial [14/04]

- Início do 3º Período em Ensino à Distância - Informações [13/04]

- Novos horários das turmas - ensino à distância [13/04]

- Agrupamento colabora na produção de gel desinfetante [09/04]

- Calendário letivo para 2019/2020 [02/09]

 

26.maio.2020

ORIENTAÇÕES - REGRESSO DA EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

O Conselho Pedagógico do Agrupamento, reunido dia 25 de maio, aprovou as Orientações Gerais - Reabertura da Educação Pré-Escolar cuja leitura recomendamos a todos os pais e encarregados de educação com crianças nessa idade.

 

| 2020.05.26 |                                                           topo

 

26.maio.2020

MOSTRA DE OFERTA FORMATIVA BARREIRO I MOITA

MOSTRA DE OFERTA FORMATIVA BARREIRO I MOITA

PASSAPORTE PARA O FUTURO 2020/2021

 

 Escolas do Barreiro e Moita juntam-se para organizar a 2ª Edição da Mostra de Oferta Formativa Barreiro I Moita - “Passaporte para o Futuro 2020”, um evento que se enquadra no âmbito da Orientação Escolar e Profissional de jovens.

A situação Pandémica da COVID-19 inviabilizou a sua realização em espaço físico, prevista nas instalações da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro/Instituto Politécnico de Setúbal (ESTB/IPS).

Com a vontade, criatividade e colaboração de todos/as os/as envolvidos/as e o apoio dos meios digitais, a Oferta Formativa do Barreiro e da Moita 2020/2021 poderá ser consultada no site da Rede para a Empregabilidade Barreiro I Moita (REBM), através do Separador “Oferta Formativa” - http://www.empregabilidadebm.pt/oferta.php.

Esta iniciativa que a Rede para a Empregabilidade Barreiro Moita (REBM) promove, no âmbito do Eixo da Qualificação, desde há cerca de um ano, num trabalho conjunto com a Rede de Psicólogos da Frente Ribeirinha, com vista a responder a questões relacionadas com a orientação vocacional e profissional, tem agora a sua expressão num formato digital em adaptação à situação pandémica atual e em adequação aos tempos modernos e à Era Digital.

No entanto, face ao valor da relação e acompanhamento de proximidade aos(às) alunos(as) do 9º ano das Escolas do Barreiro e da Moita, está previsto o envolvimento e acompanhamento de diretores(as) de turma e Psicólogos(as) das Escolas, neste processo e, nomeadamente em sessões dirigidas a esta temática da Orientação Vocacional e Profissional, através de momentos partilhados em plataformas digitais.

 

[Podes aceder ao cartaz e aos links nele existentes clicando na imagem]

 

| 2020.05.26 |  Dr.ª Ana Beira  |                                                         topo

 

25.maio.2020

CONCURSO ECO-ESCOLAS: VOTA!

No âmbito do Programa Eco-Escolas, neste momento e até 30 de maio, está a decorrer um concurso no qual o nosso Agrupamento participou.

 

Um dos trabalhos selecionados é de uma aluna da Escola Básica Quinta Nova da Telha.

Agora é necessário ter muitos votos, assim peço a colaboração de todos com a preciosa contribuição do vosso voto.

Para votarem, devem ir ao google e escrever - O Mar Começa Aqui - Eco- Escolas.

O trabalho da Escola Básica Quinta Nova da Telha é o que se vê ao lado e está no 1º album.

Força, vamos lá votar!

Muito obrigada pela vossa colaboração.

Fiquem bem!

 

Também a Escola Secundária de Casquilhos participa com o trabalho do aluno Tiago Lopes, do 12.º G.

Vamos votar no trabalho do nosso aluno!

Para votar é preciso ir à página do Facebook do Eco-Escolas no seguinte link:

https://www.facebook.com/pg/ecoescolas/photos/?tab=album&album_id=10158074121831675

O trabalho está na 2.ª coluna, 8.ª linha e é o que podemos ver à direita, em baixo.

Vamos todos votar!

Muito obrigada pela vossa colaboração.

Fiquem bem!

 

| 2020.05.17 |  Professoras Cristina Neto e Elisa Taveira (QNT). Professoras Gabriela França e Sílvia Zuzarte (ESC) |                            topo

 

17.maio.2020

INFORMAÇÕES-PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA

As Informações-prova de Equivalência à Frequência para 2020 foram aprovadas em reunião de Conselho Pedagógico de dia 11 de maio de 2020 e já se encontram publicadas na página de Exames 2020.

 

| 2020.05.17 |                                                            topo

 

16.maio.2020

ÚLTIMAS RECOMENDAÇÕES DA DGEstE - MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

O Ministério da Educação divulgou as últimas recomendações sobre o regresso às aulas.

 

Recomendamos a visualização do vídeo.

 

| 2020.05.16 |                                                            topo

 

16.maio.2020

PROJETO "NÓS PROPOMOS!" DO IGOT

Já foram divulgados os resultados dos concursos temáticos de desenho, fotografia, texto, spot publicitário e vídeo do projeto "Nós Propomos!" do IGOT. 

Os trabalhos dos nossos alunos foram premiados em todas as categorias, num total de dois primeiros lugares, um segundo lugar, um terceiro lugar e quatro menções honrosas. A Escola Secundária de Casquilhos foi a que recebeu mais distinções a nível nacional, como se poderá constatar nos ficheiros em anexo.

O professor responsável pelo projeto agradece à Direção do Agrupamento, à Câmara Municipal, ao Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT), ao Grupo Disciplinar de Geografia e a todos os docentes que contribuíram para o sucesso desta atividade na escola. 

Uma última palavra para os alunos que, com a sua imaginação, empenho e criatividade, nos deixaram a todos bem representados a nível nacional. 

Bem hajam!

 

Projeto “Nós Propomos!” do IGOT

 

Concurso de Desenho

1º Lugar

Mariana Figueiredo (11º F)

Concurso de Desenho 2019_20.pptx

 

Concurso de Fotografia

Menção Honrosa

Margarida Rodrigues (11º F)

2º Lugar

Ana Tapada (11º F)

Concurso de Fotografia 2019_20.pptx

 

Spot Publicitário

3º Lugar

“Voluntariado na Escola nº9 – Barreiro”

Ana Tapada, Gabriel Inácio, Lara Morais, Margarida Rodrigues e Mariana Figueiredo (11ºF)

1º Lugar

“A Escola Secundária de Casquilhos em risco de incêndio?!”

Alexandra Gutu, Beatriz Mesquita e Raquel Martins (11ºC);  Ilona Nacu e Mariana Pereira (11ºC)

Concurso de Spot Pulicitário 2019_20.pptx

 

Concurso de Texto

Menção Honrosa

Tiago Matos (11ºD)

Menção Honrosa

Rodrigo Mendonça (11ºD)

Concurso de Texto 2019_2020.pptx

 

Vídeo

Menção Honrosa

“Travessia pedonal da Via Férrea”

Diogo Rosa, João Pinto, Miguel Matias, Pedro Cardoso e Rodrigo Graça (11ºD)

Concurso de Vídeo 2019_20.pptx

 

| 2020.05.16 |  Prof. João Coelho  |                                          topo

 

17.maio.2020

COLÓQUIO DOS JOVENS FILÓSOFOS NA REVISTA "MAIS EDUCATIVA"

A revista "Mais Educativa" tinha previsto que a sua edição de março, tal como as anteriores, fosse impressa.

A pandemia trocou-lhe as voltas mas deu-nos a oportunidade de uma solução mais ecológica: a edição digital traz (nas áginas 14 e 15) uma reportagem sobre o nosso Agrupamento e um dos seus projetos mais antigos, o Colóquio dos Jovens Filósofos.

 

Vê aqui a edição de março da Mais Educativa.

 

| 2020.05.17 |  Professora Maria Emília Santos  |                                                          topo

 

14.maio.2020

REGRESSO ÀS AULAS PRESENCIAIS - JUSTIFICAÇÃO DE FALTAS

O Ministério da Educação divulgou dia 14 de maio o documento "Orientações gerais relativas aos direitos e deveres dos alunos e ao seu acompanhamento, no âmbito das atividades letivas presenciais e não presenciais".

 

Entre outros assuntos, o documento esclarece, quanto às atividades presenciais (ponto 2.1.):

"d. Considera-se falta justificada a não participação do aluno nas atividades em regime presencial, mediante opção expressa do respetivo encarregado de educação ou do aluno, quando maior de idade.

e. Para o efeito do disposto na alínea anterior, o encarregado de educação ou o aluno, quando maior de idade, remete ao diretor da escola, no prazo de dez dias úteis após o início das atividades presenciais, declaração escrita manifestando a opção de o aluno não participar em todas as atividades letivas presenciais oferecidas pela escola a partir do dia 18 de maio, não sendo possível a participação em apenas algumas das disciplinas." (sublinhado nosso)

 

Aconselha-se a leitura integral do documento.

 

| 2020.05.14 |                                                            topo

 

8.setembro.2019

ATUALIZAÇÕES NESTE SITE

Por vezes, para poupar tempo, os dispositivos eletrónicos estão direcionados para a última versão consultada (cache) e não para a versão atualizada.

Aconselham-se todos os utilizadores a atualizar com frequência a pesquisa do site (em computadores com Windows instalado fazer, por exemplo, Shift+F5).

Obrigado.

 

| 2019.09.08 |                                                                           topo

 

13.maio.2020

REGRESSO ÀS AULAS PRESENCIAIS - HORÁRIOS

Já estão disponíveis  os horários das disciplinas do 11º e 12º anos que vão recomeçar as atividades letivas presenciais a partir de dia 18 de junho.

Lembramos que cada turma foi dividida em 2 turnos, de acordo com as disciplinas que se encontram a frequentar e de modo a criar grupos mais pequenos do que o tradicional grupo-turma.

A composição de cada um deles, ou seja, em que turno (a ou b) se encontra inserido cada aluno, encontra-se já na posse dos respetivos DT que têm vindo a comunicá-la aos alunos pelos meios à distância habituais.

Lembramos que:

1 - os horários devem ser vistos cuidadosamente pois há turmas que vão ter aulas na Secundária dos Casquilhos e outras na Básica da Quinta Nova da Telha;

2 - há turnos que começam às 10:00, outros às 10:10, outros às 14:00 e outros às 14:10 de modo a preservar ao máximo o distanciamento social entre alunos;

3 - é obrigatório o uso de máscara para entrar e durante a permanência na escola;

4 - as disciplinas que agora retomam o ensino presencial não terão mais ensino à distância;

5 - deve ser feita a leitura atenta e integral das Orientações aos Alunos - Regresso às Aulas Presenciais.

6 - não serão aceites pedidos de mudança de turno

 

Os horários podem ser consultados na página Turmas/Horários.

 

| 2020.05.13 |  O Diretor  |                                             topo

 

18.maio.2020

REGRESSO ÀS AULAS PRESENCIAIS - ORIENTAÇÕES AOS ALUNOS

O Conselho Pedagógico, reunido dia 11 de maio, aprovou uma série de orientações aos alunos sobre o regresso às aulas presenciais que vão recomeçar dia 18 de maio.

Essas orientações foram definidas para garantir as "condições específicas de funcionamento, incluindo regras de lotação, utilização de equipamentos de proteção individual, agendamento e distanciamento físico que acrescem às condições gerais para o levantar de medidas de confinamento".

Com estas orientações pretende-se assegurar o maior afastamento possível entre cada grupo de alunos e condições para arejamento e higienização dos espaços utilizados.

Nesse sentido, entre outras medidas, podemos referir que:

- é obrigatório o uso de máscara no caminho para a escola e dentro dela;

- as aulas presenciais irão decorrer em duas escolas do Agrupamento (Escola Secundária de Casquilhos e Escola Básica da Quinta Nova da Telha);

- cada turma foi dividida em 2 grupos de alunos (em cada sala estarão, no máximo, 15 pessoas);

- cada grupo terá a totalidade das aulas apenas numa das referidas escolas ou no turno da manhã (entre as 10:00 e as 12:55) ou no turno da tarde (entre as 14:00 e as 16:55);

- as aulas irão recomeçar dia 18 de maio, segunda-feira, de acordo com horários a afixar em breve neste sítio eletrónico;

- não serão permitidas saídas da escola durante os intervalos e o bufete estará encerrado pelo que cada aluno/família deverá assegurar, em caso de necessidade, um eventual reforço alimentar para o período em que o aluno terá de permanecer na escola.

 

As disciplinas que irão recomeçar as aulas presenciais são as seguintes (ATENÇÃO: na sequência de informações da tutela de 12/05, as disciplinas que terão aulas presenciais nos Cursos Profissionais sofreram alterações):

 

11º A

ESC

Filosofia

Inglês

Física e Química A

Biologia e Geologia

Geometria Descritiva A

11º B

ESC

Filosofia

Inglês

Física e Química A

Biologia e Geologia

Geometria Descritiva A

11º C

ESC

Filosofia

Inglês

Geografia A

MACS

--

11º D

ESC

Filosofia

Inglês

Geografia A

MACS

Literatura Portuguesa

11º E

ESC

Filosofia

Inglês

Geometria Descritiva A

História e Cultura

das Artes

--

11º F

ESC

Filosofia

Inglês

Geografia A

Economia A

--

11º G*

ESC

História e Cultura das Artes

Geometria Descritiva

--

--

--

* 2º ano do Curso Profissional de Técnico de Design de Interiores/Exteriores

12º A

EBQNT

Português

Matemática A

12º B

EBQNT

Português

Matemática A

12º C

EBQNT

Português

História A

12º D

EBQNT

Português

História A

12º E

ESC

Português

Desenho

12º F

EBQNT

Português

Matemática A

12º G (Comércio)

ESC

Prática Simulada

--

12º G (Design Gráfico)

ESC

Prática Simulada

--

 

 

Recomendamos a leitura atenta e integral das Orientações aos Alunos - Regresso às Aulas Presenciais.

 

| 2020.05.11 e 13 |  O Diretor  |                                             topo

 

18.maio.2020

REGRESSO ÀS AULAS PRESENCIAIS - ORIENTAÇÕES AOS PROFESSORES

O Conselho Pedagógico, reunido dia 11 de maio, aprovou uma série de orientações aos alunos sobre o regresso às aulas presenciais que vão recomeçar dia 18 de maio.

Essas orientações foram definidas para garantir as "condições específicas de funcionamento, incluindo regras de lotação, utilização de equipamentos de proteção individual, agendamento e distanciamento físico que acrescem às condições gerais para o levantar de medidas de confinamento".

Com estas orientações pretende-se assegurar o maior afastamento possível entre cada grupo de alunos e condições para arejamento e higienização dos espaços utilizados.

Nesse sentido, entre outras medidas, podemos referir que:

- é obrigatório o uso de máscara no caminho para a escola e dentro dela;

- a carga letiva das disciplinas lecionadas em regime presencial será reduzida até 50%, devendo os professores organizar momentos de trabalho autónomo nos restantes tempos;

- nas disciplinas com uma carga letiva ímpar (5 ou 7 tempos por semana), cada turno terá um tempo letivo, alternadamente, de 2 em 2 semanas;

- não serão realizadas componentes experimentais nas disciplinas que anteriormente as contemplavam;

- de modo a garantir horários desfasados entre as turmas, evitando, o mais possível, a concentração dos alunos, dos professores e do pessoal não docente no recinto escolar ou nos transportes públicos durante as deslocações escola-casa-escola, as aulas decorrerão em 2 escolas (Escola Secundária de Casquilhos e Escola Básica da Quinta Nova da Telha) e em 2 turnos distintos (entre as 10:00 e as 12:55 e entre as 14:00 e as 16:55);

- se um professor faltar será assegurada a sua substituição, pelo que cada professor deverá enviar previamente para a Direção trabalhos em formato digital que possam ser desenvolvidos autonomamente pelos alunos, nestas circunstâncias;

- não serão permitidas saídas da escola durante os intervalos e o bufete estará encerrado pelo que cada professor deverá assegurar, em caso de necessidade, um eventual reforço alimentar para o período em que terá de permanecer na escola.

 

As disciplinas que irão recomeçar as aulas presenciais são as indicadas no quadro referido em cima (Orientações aos alunos).

 

Recomendamos a leitura atenta e integral das Orientações aos Professores - Regresso às Aulas Presenciais.

 

| 2020.05.11  | O Diretor  |                                               topo

 

7.maio.2020

PALAVRAS DE UM DIRETOR (O AGORA!)

Este foi o momento, aquele que escolhi para vos dirigir algumas palavras. Poderia ter sido há mais tempo, poderia ser mais tarde, podê-lo-ia não o fazer, mas... considerei que era esta a altura. Estes não têm sido momentos fáceis, mas, apesar de distantes fisicamente, julgo que nunca estivemos tão próximos. Com união e inspiração, temo-nos conseguido reinventar e superar.

A todos aqueles que constituem esta ampla comunidade, o meu agradecimento, em nome de toda a Direção deste Agrupamento. Acredito que estes tempos de incerteza, de dificuldades, servirão para crescermos enquanto seres individuais, mas, sobretudo, enquanto Instituição. Abracemo-nos virtualmente, ergamos a cabeça e olhemos em frente, em direção a um futuro promissor, pois, como diria Fernando Pessoa, esta “É a hora!”.

Para além das palavras, não quis deixar de escolher uma música para vos inspirar. OBRIGADO!

 Pedro Abrunhosa - Tempestade (com Carolina Deslandes)

 

O Diretor,

Luís Miguel Mota Rino

 

| 2020.03.07 |  O Diretor  |                                               topo

 

6.maio.2020

SERVIÇOS DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO - CONSELHOS

O Serviço de Psicologia e Orientação, em conjunto com a Ordem dos Psicólogos, emitiu algumas recomendações para este período de Ensino à Distância que se divulgam no documento que pode ser acedido em baixo e cuja leitura recomendamos.

Este texto, com abundantes ligações para outros documentos, aborda a adoção de comportamentos protetores sobre "como lidar com" esta crise pandémica, designadamente nas questões da ansiedade, nos comportamentos de relacionamento social e no desconfinamento, com o regresso a (algumas) rotinas habituais.

Agora também disponível a versão áudio e vídeo (incluindo em Língua Gestual Portuguesa), de alguns documentos, para facilitar o acesso ao conteúdo dos materiais de apoio a tod@s as pessoas.

Num formato mais personalizado, podem ainda ser visionados webinars. O mais recente foi sobre as Recomendações para uma Educação Inclusiva dirigidas à Comunidade Educativa, moderado por Sofia Ramalho (Vice-Presidente da Ordem dos Psicólogos Portugueses), com as participações de Luís Tavares (Agrupamento de Escolas Augusto Cabrita), Ana Cláudio (Agrupamento de Escolas de Santo António) e Ana Beira (Agrupamento de Escolas de Casquilhos) https://youtu.be/OwO3iMQjSrk. 

COVID-19 – RESPOSTA COMPORTAMENTAL

 

|  2020.03.06 (revisto a 14.05.2020)  |  Dr.ª Ana Beira  |                                               topo

 

03.maio.2020

MATRÍCULAS PARA 2020/2021

Os registos de primeira matrícula, renovações de matrícula e pedidos de transferência de escola para a educação pré-escolar e matrícula no 1º ano do 1º ciclo do ensino básico decorrem de 04 de maio a 30 de junho.

Os registos de matrícula nos outros anos iniciais de ciclo 5º, 7º e 10º anos de escolaridade, as renovações de matrícula e os pedidos de transferência de escola nos 1º, 2º, 3º ciclos do ensino básico e ensino secundário decorrem a partir de 26 de junho.

 

As matrículas são realizadas online, no Portal das Matrículas, um serviço do Ministério da Educação que permite efetuar pedidos de matrícula, renovação de matrícula e pedidos de transferência de escola na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário em estabelecimentos de ensino públicos do Ministério da Educação, privados e IPSS ou equiparados.

Se é Encarregado de Educação, a matrícula do seu educando deve ser realizada, preferencialmente, nesta aplicação que lhe permite, mediante consentimento prévio, fornecer toda a informação e documentação necessária à instrução do processo de matrícula.

A presente aplicação permite realizar a primeira matrícula na educação pré-escolar e no 1.º ciclo do ensino básico, o registo de renovação de matrícula e o pedido de transferência de escola dos alunos na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário nas várias modalidades de ensino destinadas a jovens.

Para matrículas para os ensinos básico ou secundário recorrente ou para outras ofertas educativas e formativas destinadas a adultos devem ser contactados os estabelecimentos de educação e ensino respetivos.

Para mais detalhes relativos aos procedimentos de matrícula ano letivo 2020/2021 consulte  as perguntas frequentes da Direção-Geral de Estabelecimentos Escolares (DGEstE).

 

Para utilizar este serviço o Encarregado de Educação pode recorrer a uma das seguintes formas de autenticação:

  1. Senha de acesso (credenciais) ao Portal das Finanças
  2. Cartão de Cidadão - Para a autenticação com recurso ao Cartão de Cidadão é necessário o Cartão de Cidadão e o respetivo PIN de autenticação, um leitor de cartões ligado a um computador com acesso à Internet e ter instalado no computador o plugin Autenticação.Gov (disponível em: https://autenticacao.gov.pt/fa/ajuda/autenticacaogovpt.aspx)  
  3. Chave Móvel Digital - Para a autenticação com recurso à Chave Móvel Digital é necessário que previamente tenha sido efetuado um pedido de Chave. Poderá consultar a informação referente ao pedido de Chave Móvel Digital e ao processo de autenticação em https://www.autenticacao.gov.pt/a-chave-movel-digital 

 

| 2020.05.03 |                                                               topo

 

30.abril.2020

TIVE 10 DE CIF O ANO PASSADO E "CHUMBEI" NO EXAME. ESTOU APROVADO?

A questão que colocamos em cima tem sido feita por muitos alunos que, no ano passado foram a exame, em disciplinas terminais, com uma Classificação Interna Final - CIF (média dos vários anos em que a disciplina é lecionada) igual ou superior a 10 mas que, em exame, obtiveram uma classificação inferior, ficando com uma Classificação Final da Disciplina - CFD (classificação já com a nota de exame) negativa.

A dúvida coloca-se perante a situação excecional aplicada aos alunos que frequentam, em 2019/2020, as mesmas disciplinas e que estão dispensados da realização de alguns exames nacionais.

Assim, reproduzimos o esclarecimento do JNE sobre esta situação:

 

"4- A CIF só é válida no ano de realização do exame (de frequência da disciplina), até à 2.ª fase de exames do mesmo ano escolar.

5- O Decreto-Lei n.º 14-G/2020, de 13 de abril, estabelece mediadas excecionais e temporárias, no âmbito dos ensinos básico e secundário, para o ano letivo de 2019/2020.

O n.º 1 do art.º 8.º do Decreto-lei n.º 14-G/2020, de 13 de abri, refere que "Para efeitos de avaliação, aprovação e conclusão do ensino secundário, incluindo disciplinas em que haja lugar à realização de exames finais nacionais, é apenas considerada avaliação interna ."

Neste sentido, e pelo atrás referido, o aluno no ano letivo anterior não aprovou na disciplina. A CIF obtida apenas foi válida até à 2.ª fase do ano letivo anterior.

Neste sentido, o aluno, neste ano,  não pode aproveitar a CIF do ano transato e ficar aprovado à  disciplina."

 

Lembramos que indicação no mesmo sentido consta nas FAQs do Ensino Secundário (pergunta 21) publicadas pelo JNE.

Todas as informações sobre exames podem ser consultadas no separador Exames 2020 (do lado esquerdo).

 

| 2020.04.30 |                                                               topo

 

30.abril.2020

PRÉ-REQUISITOS (ENSINO SUPERIOR) - ALTERADO O CALENDÁRIO

O calendário dos pré-requisitos exigidos para a candidatura à matrícula e inscrição no ensino superior no ano letivo de 2020/2021 foi alterado pela Deliberação n.º 531/2020, de 30 de abril.

Lembramos que todas as informações sobre exames podem ser consultadas no separador Exames 2020 (do lado esquerdo).

 

| 2020.04.30 |                                                               topo

 

30.abril.2020

CONCURSO PARA 3 ASSISTENTES OPERACIONAIS (PREVPAP)

Foi hoje colocado na Bolsa de Emprego Público (BEP), com a referência OE 202004/0428, o seguinte Aviso:

 

Aviso de abertura do procedimento concursal de regularização extraordinária de vínculos precários destinado a assistentes operacionais

 Abertura de procedimento concursal comum, com carácter de urgência, para o preenchimento de 3 (três) postos de trabalho no Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro na modalidade de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado, restrito a candidatos abrangidos pelo programa de regularização extraordinária de vínculos precários (PREVPAP)

 1. Nos termos do disposto nos artigos 9.º e 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro, torna-se público que por despacho do Diretor do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro, de 28/04/2020, no uso das competências que lhe foram delegadas pelo Despacho n.º 2104/2019 da Diretora-Geral da Administração Escolar, proferido em 25 de fevereiro de 2019, publicado em 1 de março de 2019 no Diário da República, 2.ª série, n.º 43, se encontra aberto, pelo prazo de 10 dias úteis a contar da publicação do presente aviso, na Bolsa de Emprego Público (BEP), procedimento concursal comum para a constituição de relação jurídica de emprego público por tempo indeterminado para o preenchimento de 3 (três) postos de trabalho do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro, na categoria de assistente operacional, da carreira de assistente operacional.

2. Legislação aplicável: Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro (PREVPAP); Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LTFP), aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho; Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril e Código do Procedimento Administrativo.

3. Local de Trabalho: Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro, com sede na Quinta dos Casquilhos, 2830-046 BARREIRO

4. O procedimento concursal destina-se à ocupação de 3 (três) postos de trabalho na modalidade de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, nos termos constantes do artigo 40.º e seguintes da LTFP.

5. Fundamentos para a abertura do procedimento concursal comum: o presente procedimento concursal é aberto no âmbito do PREVPAP, para regularização das situações de trabalho precário previstas no artigo 3.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro.

6. Caracterização do posto de trabalho: Os postos de trabalho a ocupar caracterizam-se pelo exercício de funções correspondentes à categoria de assistente operacional, tal como descrito no Anexo referido no n.º 2 do artigo 88.º da LTFP, e de acordo com as atividades inerentes às de auxiliar de ação educativa, de acordo designadamente com o seguinte perfil de competências:

a) Exercer as tarefas de atendimento e encaminhamento dos utilizadores das escolas e controlar as entradas e saídas da escola;

b) Prestar informações, utilizar equipamentos de comunicação, incluindo estabelecer ligações telefónicas, receber e transmitir mensagens;

c) Providenciar a limpeza, arrumação, conservação e boa utilização das instalações, bem como do material e equipamento didático e informático necessário ao desenvolvimento do processo educativo;

d) Exercer atividades de apoio aos serviços de ação social escolar, laboratórios, refeitório, bar e bibliotecas escolares, de modo a permitir o seu normal funcionamento;

e) Reproduzir documentos com utilização de equipamento próprio, assegurando a sua manutenção e gestão de stocks necessários ao seu funcionamento;

f) Participar com os docentes no acompanhamento das crianças e jovens com vista a assegurar um bom ambiente educativo;

g) Cooperar nas atividades que visem a segurança de crianças e jovens na escola;

h) Prestar apoio e assistência em situações de primeiros socorros e, em caso de necessidade, acompanhar a criança ou o aluno à unidade de prestação de cuidados de saúde;

i) Efetuar, no interior e exterior, tarefas de apoio de modo a permitir o normal funcionamento dos serviços.

 7. Habilitações literárias exigidas: Ser detentor da escolaridade obrigatória (considerando a data de nascimento) ou de curso que lhe seja equiparado, a que corresponde o grau de complexidade 1, de acordo com o previsto na alínea a) do n.º 1 do artigo 86.º da LTFP.

8. Posição remuneratória: 4.º nível remuneratório da tabela remuneratória única (EUR: 645,07€).

9. Requisitos de admissão relativos ao trabalhador:

9.1. Exerça ou tenha exercido funções que correspondam ao conteúdo funcional da carreira/categoria de assistente operacional, sem o vínculo jurídico adequado, reconhecido nos termos do artigo 3.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro.

9.2. Ser detentor dos requisitos cumulativos, enunciados no artigo 17.º da LTFP:

a)         Nacionalidade Portuguesa, quando não dispensada pela Constituição, convenção internacional ou lei especial;

b)         18 anos de idade completos;

c)         Não inibição do exercício de funções públicas ou não interdição para o exercício daquelas que se propõe a desempenhar;

d)         Robustez física e perfil psíquico indispensáveis ao exercício das funções;

e)         Cumprimento das leis de vacinação obrigatória;

9.3. Possuir as habilitações literárias constantes do ponto 7. do presente aviso.

9.4. A título excecional, no presente procedimento concursal é admissível em substituição do nível habilitacional, a relevância da formação ou experiência profissionais conforme o n.º 2 do artigo 34.º da LTFP e nos termos do artigo 31.º da Lei n.º 71/2018, de 31 de dezembro.

10. Forma e prazo de apresentação das candidaturas:

10.1. Prazo: 10 dias úteis a contar da data da publicação do presente aviso na Bolsa de Emprego Público e na página eletrónica do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro (www.aecasquilhos.pt).

10.2. Forma: As candidaturas deverão ser submetidas, obrigatoriamente, mediante preenchimento de formulário próprio disponibilizado eletronicamente no Sistema Interativo de Gestão de Recursos Humanos da Educação – SIGRHE > Situação Profissional > PND – Proc. concursais restritos - PREVPAP > Formulário de candidatura no portal da Direção Geral da Administração Escolar (www.dgae.mec.pt) e formalizadas através da entrega, nas instalações do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro, ou enviadas pelo correio, para a morada identificada no n.º 3 do presente Aviso, em carta registada com Aviso de receção, dirigidas ao Diretor do Agrupamento de Escolas ou Escola não Agrupada ou remetidas por via eletrónica para o endereço de email direcao@aecasquilhos.pt, até às 24h00 horas do último dia do prazo para apresentação das candidaturas, dos seguintes documentos:

a)         Fotocópia do Certificado de Habilitações;

b)         Fotocópia dos Certificados ou comprovativos de ações de formação realizadas com relevância para o posto de trabalho objeto de candidatura;

c)         Curriculum Vitae;

d)         Certificado do registo criminal, de acordo com o artigo 2.º da Lei n.º 113/2009, de 17 de setembro;

e)         Declaração emitida pelo serviço onde o candidato se encontra a exercer ou tenha exercido funções, devidamente atualizada e autenticada, onde conste, de forma inequívoca, a categoria com descrição detalhada das funções, atividades, atribuições e competências inerentes ao posto de trabalho ocupado pelo candidato, devendo a mesma ser complementada com informação referente às menções qualitativas e quantitativas obtidas na avaliação do desempenho dos últimos três anos, se aplicável.

10.3. Nos termos do disposto no n.º 8 do artigo 20.º da Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril, a não apresentação dos documentos atrás referidos determina a exclusão dos candidatos.

11. Assiste ao júri a faculdade de exigir aos candidatos, em caso de dúvida, a apresentação de documentos comprovativos das suas declarações.

12. Métodos de Seleção: Os métodos de seleção a utilizar serão a avaliação curricular e a entrevista profissional de seleção.

12.1. A avaliação curricular (AC) visa avaliar a qualificação dos candidatos, designadamente a habilitação académica, percurso profissional, relevância da experiência adquirida e da formação realizada, tipo de funções exercidas e a avaliação de desempenho obtida. Para tal, serão considerados e ponderados os elementos de maior relevância para o posto de trabalho, nomeadamente: as habilitações académicas, a formação profissional, a experiência profissional e o tempo de desempenho no período anterior, no exercício de funções caracterizadas do posto de trabalho a preencher. Será expressa numa escala de 0 a 20 valores, com valoração às centésimas, sendo a classificação obtida através da média aritmética ponderada das classificações dos elementos a avaliar.

12.2. A entrevista profissional de seleção (EPS) visa avaliar, de forma objetiva e sistemática, a experiência profissional e os aspetos comportamentais evidenciados durante a interação estabelecida entre o entrevistador e o entrevistado, nomeadamente os relacionados com a capacidade de comunicação e de relacionamento interpessoal.

12.3. Os candidatos são convocados para a entrevista profissional de seleção nos termos do artigo 24.º da Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril, e por uma das formas previstas no artigo 10.º do mesmo diploma, mas preferencialmente, por correio eletrónico, de acordo com o n.º 8 do artigo 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro, indicando o dia, hora e local da realização do mencionado método de seleção.

12.4. A publicação dos resultados obtidos nos métodos de seleção é efetuada através de lista, ordenada alfabeticamente, afixada em local visível e público nas instalações deste agrupamento de escolas ou escola não agrupada e na sua página eletrónica.

12.5. A classificação final (CF) dos candidatos expressa-se numa escala de 0 a 20 valores, com valoração às centésimas, em resultado da média aritmética ponderada das classificações quantitativas obtidas em cada método de seleção e será efetuada através da seguinte fórmula:

CF = 70% (AC) + 30% (EPS)

12.6. São motivos de exclusão do presente procedimento:

a)         O incumprimento dos requisitos mencionados neste aviso, sem prejuízo dos demais legal ou regularmente previstos;

b)         Obtenção de uma valoração inferior a 9,5 valores na avaliação curricular;

c)         A não comparência à entrevista profissional de seleção;

d)         A obtenção de uma valoração final inferior a 9,5 valores, na aplicação dos métodos de seleção ou em resultado do emprego da fórmula do ponto 12.5 do presente aviso.

12.7. Haverá lugar à audiência de interessados, nos termos do Código do Procedimento Administrativo, após a aplicação de todos os métodos de seleção e antes de ser proferida a decisão final. Os candidatos excluídos serão notificados por uma das formas previstas no artigo 10.º da Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril, mas preferencialmente, por correio eletrónico, nos termos dos n. os 7 e 8 do artigo 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro. As alegações a proferir pelos mesmos devem ser feitas em formulário próprio, aprovado pelo Despacho n.º 11 321/2009, de 8 de maio, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 89, de 8 de maio, disponibilizado no endereço eletrónico da Direção-Geral da Administração e Emprego Público (DGAEP), em www.dgaep.gov.pt, podendo ser obtido na página eletrónica ou junto dos serviços administrativos do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro.

12.8. Nos termos do n.º 6 do artigo 11.º da Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril, os parâmetros de avaliação e respetiva ponderação de cada um dos métodos a utilizar, a grelha classificativa e o sistema de valoração final do método constam das atas das reuniões do júri do procedimento, as quais são publicitadas no sítio da Internet da entidade.

13. A ordenação final dos candidatos admitidos que completem o procedimento concursal é efetuada de acordo com a escala classificativa de 0 a 20 valores, com valoração às centésimas em resultado da classificação quantitativa obtida nos métodos de seleção.

13.1. Critérios de desempate: Em caso de igualdade de valoração, os critérios de desempate a adotar são os constantes do artigo 27.º da Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril.

14. O Procedimento concursal tem caráter urgente, prevalecendo as funções próprias do júri sobre quaisquer outras.

15. Composição e identificação do júri

Presidente: Maria Clara Grosso Bernardino, Subdiretora

Vogais efetivos: Renato Lomelino Pereira Albuquerque, Adjunto do Diretor

Vogais suplentes: Maria do Rosário da Silva Bandeira Ferreira.

15.1. O presidente de júri será substituído nas suas faltas e impedimentos por um dos vogais efetivos.

16. A lista unitária da ordenação final dos candidatos, após homologação do Diretor do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro, é publicada na BEP; afixada em local público e visível das instalações do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro e disponibilizada na respetiva página eletrónica, sendo ainda publicado um aviso na 2.ª Série do Diário da República, com informação sobre a sua publicitação, nos termos do n.º 5 do artigo 28.º da Portaria n.º 125-A/2019, de 30 de abril.

17. Nos termos do disposto no n.º 4 do artigo 10.º da Lei n.º 112/2017, de 29 de dezembro, o presente aviso é publicitado na Bolsa de Emprego Público (www.bep.gov.pt) e na página eletrónica do Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro.

 28 de abril de 2020

O Diretor

(Luís Miguel Mota Rino)

Chamamos a atenção que o prazo de candidatura termina dia 15 de maio e que este procedimento concursal se destina apenas à integração no Estado dos assistentes operacionais que exerceram funções neste Agrupamento (PREVPAP).

A ata da primeira reunião do júri de seleção que, entre outros assuntos, inclui o previsto no ponto 12.8. do Aviso de Abertura, pode ser consultada aqui em formato PDF.

O Aviso pode ser consultado aqui em formato PDF.

O impresso referido no ponto 12.7. pode ser obtido no site da DGAEP (quando clica na ligação, o documento será descarregado para o seu computador, na pasta de Transferências).

 

Lista de excluídas [18/05/2020]

 

| 2020.04.30 |                                                               topo

 

29.abril.2020

JNE - NORMA 01 (ATUALIZADA A 29/04/2020)

Devido à pandemia de COVID-19, o Júri Nacional de Exames (JNE) atualizou a Norma 01 que contém as instruções para a realização de provas e exames nacionais.

Lembramos que todas as informações sobre exames podem ser consultadas no separador Exames 2020 (do lado esquerdo).

 

| 2020.04.29 |                                                               topo

 

27.abril.2020

JNE - FAQ ENSINO SECUNDÁRIO

O Júri Nacional de Exames (JNE) divulgou algumas FAQ (Frequently Asked Question - Questão Frequentemente Colocada) sobre as alterações à avaliação dos alunos do Ensino Secundário decorrentes da suspensão das aulas presenciais.

Essas FAQ podem ser vistas AQUI.

 

| 2020.04.27 |                                                               topo

 

21.abril.2020

JNE - ORIENTAÇÕES PARA A INSCRIÇÃO NAS PROVAS E EXAMES

O Júri Nacional de Exames (JNE) publicou novas orientações para o processo de inscrição nas provas e exames do ensino secundário.

O JNE chama, nomeadamente, a atenção para a necessidade de retificar as inscrições feitas anteriormente que não estejam corretas.

Recomendamos a leitura integral desta Comunicação nº 5/JNE/2020.

Todos os contactos referentes a inscrições para provas ou exames deve ser feito para o email secretaria@aecasquilhos.pt.

 

[Podes também consultar a legislação aqui]

 

| 2020.04.21 |                                                               topo

 

20.abril.2020

SPO - PLANO DE AÇÃO @ DISTÂNCIA

O Serviço de Psicologia e Orientação do Agrupamento de Escolas de Casquilhos divulgou o seu Plano de Ação @ Distância que adapta a atuação da Psicóloga Escolar à situação de confinamento individual que se vive.

O Plano de Ação @ Distância pode ser consultado AQUI.

 

| 2020.04.20 |                                                               topo

 

20.abril.2020

JNE - FAQs 3º CICLO

O Júri Nacional de Exames (JNE) divulgou algumas FAQ (Frequently Asked Question - Questão Frequentemente Colocada) sobre as alterações à avaliação final dos alunos do 3º Ciclo decorrentes da suspensão das aulas presenciais.

Essas FAQ podem ser vistas AQUI.

 

| 2020.04.20 |                                                               topo

 

17.abril.2020

ENSINO À DISTÂNCIA - PROCEDIMENTO DISCIPLINAR E CRIMINAL

Esclarece-se:

 

1 - As atividades de ensino à distância realizadas na plataforma Teams ou noutras são atividades com finalidades educativas que pretendem compensar a suspensão das atividades letivas presenciais decretada pelo Ministério da Educação.

 

2 - Estas atividades continuam a estar sujeitas ao disposto no Estatuto do Aluno e da Ética Escolar (Lei 51/2012, de 5 de setembro), no Regulamento Interno (RI), assim como nas leis gerais em vigor, nomeadamente, as que protegem os dados pessoais.

 

3 - São deveres dos alunos (Artigo 95º do RI):

"s) Não captar sons ou imagens, designadamente, de atividades letivas e não letivas, sem autorização prévia dos/as professores/as, do/a Diretor/a ou dos/as responsáveis pela supervisão dos trabalhos ou atividades em curso, bem como, quando for o caso, de qualquer membro da comunidade escolar ou educativa.

t) Não difundir, no espaço escolar ou fora dele, nomeadamente, via internet ou através de outros meios de comunicação, sons ou imagens captados nos momentos letivos e não letivos, sem autorização do/a Diretor/a do AECasquilhos.

bb) Não cometer fraude, nomeadamente, de copiar por outro/a aluno/a ou de apresentar como seus textos retirados de outros/as autores/as ou da internet sem identificação da origem."

O não cumprimento destes deveres constitui uma infração disciplinar.

 

4 - São considerados crimes:

"1 - Quem, sem a devida autorização, apagar, destruir, danificar, suprimir ou modificar dados pessoais, tornando-os inutilizáveis ou afectando a sua capacidade de uso, é punido com prisão até dois anos ou multa até 240 dias." (Artigo 45º da Lei nº 67/98, de 26 de outubro)

Lembramos que são dados pessoais "qualquer informação, de qualquer natureza e independentemente do respectivo suporte, incluindo som e imagem, relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável («titular dos dados»); é considerada identificável a pessoa que possa ser identificada directa ou indirectamente, designadamente por referência a um número de identificação ou a um ou mais elementos específicos da sua identidade física, fisiológica, psíquica, económica, cultural ou social" (idem, Artº 3º).

Assim, por exemplo, qualquer manipulação de imagem de alunos ou professores, constitui um crime.

 

Como lhe compete, a Direção atuará disciplinarmente ou procederá à respetiva queixa crime se se verificar alguma das situações aqui previstas.

 

| 2020.04.17 |                                                               topo

 

17.abril.2020

ACESSO AO ENSINO SUPERIOR 2020 - ESCLARECIMENTO

O Ministro do Ciência, Tecnologia e Ensino Superior publicou um esclarecimento sobre como se irá processar a candidatura ao Ensino Superior para o ano letivo de 2020/21.

Este esclarecimento responde à maior parte das dúvidas dos alunos que irão concluir o 12º ano este ano ou que o concluíram o ano passado e que pretendem concorrer ao Ensino Superior.

Podes consultar aqui:

- o esclarecimento em PDF; ou

- a página em HTML.

 

| 2020.04.18 |                                                               topo

 

17.abril.2020

CAMPANHA #SER JOVEM EM CASA

A Secretaria de Estado da Juventude e Desporto, do Ministério da educação, divulgou hoje a campanha #SerJovemEmCasa que pretende ser "uma plataforma de promoção da participação dos jovens, assim como impulsionadora da ocupação de tempos livres com conteúdos provenientes de fontes fidedignas e adequados às suas necessidades e motivações."

 

[Podes saber mais clicando AQUI ou no logótipo]

 

| 2020.04.17 |                                                               topo

 

15.abril.2020

ENSINO À DISTÂNCIA - ESCLARECIMENTO

Esclarece-se que nas aulas à distância que decorrem na plataforma Teams são colocadas tarefas (com as orientações para os alunos realizarem e respetivos prazos) e/ou são marcadas sessões síncronas (em que estarão na plataforma ao mesmo tempo o professor e os alunos) e/ou são colocados pelos alunos as tarefas realizadas.

Estas foram as orientações dadas pelo Conselho Pedagógico de modo a que os alunos que não podem aceder ao Ensino à Distância não sejam prejudicados e haja tempo para lhes fazer chegar os materiais necessários para a continuação da sua aprendizagem.

 

| 2020.04.15 |                                                               topo

 

14.abril.2020

PEDIDO DE CONTA DE E-MAIL OU PASSWORD

Todos os alunos que solicitaram o acesso à plataforma Teams já receberam a conta de correio e/ou a respetiva senha de acesso (password).

A partir de agora, todos os alunos que não o tenham ou o tenham esquecido, deverão enviar um pedido de recuperação ao DT.

Informamos que este processo não é automático, isto é, cada pedido exige diversas intervenções humanas até que o aluno (ou os pais/EE) recebam a resposta, o que explica algum atraso registado.

Pedimos encarecidamente que NÃO solicitem várias vezes a criação do e-mail nem o peçam por outra via: para além de atrasar o processamento dos pedidos, leva à emissão sucessiva de passwords em que cada uma anula o acesso gerado anteriormente e que, eventualmente, já estava a ser usado pelo aluno, podendo criar situações de stress indesejáveis e totalmente dispensáveis.

Solicitamos a todos a vossa compreensão nesta fase que é nova para os alunos e para os pais/encarregados de educação mas também para os Diretores de Turma/professores titulares e restantes docentes.

Obrigado.

 

| 2020.04.14 |  20:20                                                           topo

 

14.abril.2020

TUTORIAIS EM VÍDEO PARA USO DO TEAMS

Para ajudar os mais novos ou os que possam ter menos à-vontade com estes meios, divulgamos 3 tutoriais em vídeo para a utilização do Teams.

 

1 - Como entrar no Teams?

2 - Utilização básica do Teams.

3 - Como adicionar um ficheiro a uma tarefa?

4 - Como instalar e usar o Teams num telemóvel?

5 - Como enviar um trabalho através do Teams num telemóvel?

 

| 2020.04.14 |  Professor António Nuno Ribeiro  |                                                           topo

 

14.abril.2020

DEVERES DOS ALUNOS EM REGIME NÃO PRESENCIAL

O Decreto-Lei n.º 14-G/2020, de 13 de abril, determina no seu Artigo 4.º, o seguinte:

 

1 — É aplicável aos alunos abrangidos pelo regime não presencial, com as necessárias adaptações, o disposto no Estatuto do Aluno e Ética Escolar, aprovado pela Lei n.º 51/2012, de 5 de setembro, e demais normativos em vigor, bem como no regulamento interno da escola, estando os alunos obrigados ao dever de assiduidade nas sessões síncronas e ao cumprimento das atividades propostas para as sessões assíncronas, nos termos a definir pela escola.

2 — Nos casos em que, por motivos devidamente justificados, o aluno se encontre impossibilitado de participar nas sessões síncronas, pode a escola facilitar o acesso ao conteúdo das mesmas em diferido.

3 — Nas situações em que não seja possível o acesso ao conteúdo das sessões síncronas em diferido, nos termos previstos no número anterior, deve a escola disponibilizar atividades para a realização de trabalho orientado e autónomo, em sessões assíncronas, que permitam o desenvolvimento das aprendizagens planeadas.

4 — Sem prejuízo do disposto nos números anteriores, o aluno deve ainda enviar os trabalhos realizados, nos termos e prazos acordados com o respetivo docente, devendo este garantir o registo das evidências para efeitos de avaliação sumativa final.

5 — Compete ao conselho pedagógico da escola ou ao órgão legalmente equivalente definir as regras de registo de assiduidade ajustadas às estratégias, recursos e ferramentas utilizadas pela escola e por cada aluno, garantindo-se também, no contexto de ensino não presencial, o cumprimento da escolaridade obrigatória.

 

| 2020.04.14 |                                                             topo

 

14.abril.2020

ALTERAÇÕES AO CALENDÁRIO ESCOLAR E DE EXAMES

O Decreto-Lei n.º 14-G/2020, de 13 de abril, determina no seu Artigo 10.º, o seguinte:

 

Artigo 10.º

Regime excecional relativo ao calendário escolar

1 — É aplicável o calendário escolar aprovado pelo Despacho n.º 5754 -A/2019, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 115, de 18 de junho, com exceção do termo do 3.º período, que ocorre a 26 de junho de 2020.

2 — As provas de equivalência à frequência no ensino básico e secundário realizam-se nas datas fixadas, respetivamente, nos anexos I e II ao presente decreto-lei e do qual fazem parte integrante.

3 — Os exames finais nacionais realizam -se nas datas fixadas nos quadros 1 e 2 do anexo III ao presente decreto -lei e do qual faz parte integrante.

4 — As escolas que, no âmbito da autonomia e flexibilidade, disponham de calendários escolares próprios, devem proceder à sua adequação, tendo em conta o disposto no presente artigo, com vista a garantir as aprendizagens e a realização das provas de equivalência à frequência e dos exames finais nacionais.

 

 

| 2020.04.14 |                                                             topo

 

14.abril.2020

ALTERAÇÕES À AVALIAÇÃO EXTERNA

O Decreto-Lei n.º 14-G/2020, de 13 de abril, quanto à avaliação externa, determina, o seguinte:

 

Artigo 6.º

Avaliação externa

No ano letivo de 2019/2020, é cancelada a realização:

a) Das provas de aferição, dos 2.º, 5.º e 8.º anos de escolaridade;

b) Das provas finais do ensino básico, no final do 9.º ano de escolaridade;

c) Das provas a nível de escola, realizadas como provas finais do ensino básico;

d) Dos exames finais nacionais, quando realizados por alunos internos, para efeitos de aprovação de disciplinas e conclusão do ensino secundário.

 

Artigo 7.º

Avaliação e conclusão do ensino básico

 1 — Para efeitos de avaliação e conclusão do ensino básico geral, dos cursos artísticos especializados e de outras ofertas formativas e educativas, apenas é considerada a avaliação interna.

2 — As classificações a atribuir em cada disciplina têm por referência o conjunto das aprendizagens realizadas até ao final do ano letivo, incluindo o trabalho realizado ao longo do 3.º período, no âmbito do plano de ensino a distância, sem prejuízo do juízo globalizante sobre as aprendizagens desenvolvidas pelos alunos.

3 — Os alunos ficam dispensados da realização de provas finais de ciclo, nos casos em que a respetiva realização se encontre prevista apenas para efeitos de prosseguimento de estudos.

4 — A conclusão de qualquer ciclo do ensino básico pelos alunos autopropostos, incluindo os alunos que se encontram na modalidade de ensino individual e doméstico, é efetuada mediante a realização de provas de equivalência à frequência.

 

Artigo 8.º

Avaliação, aprovação de disciplinas e conclusão do ensino secundário

1 — Para efeitos de avaliação, aprovação de disciplinas e conclusão do ensino secundário, incluindo disciplinas em que haja lugar à realização de exames finais nacionais, é apenas considerada a avaliação interna.

2 — As classificações a atribuir em cada disciplina têm por referência o conjunto das aprendizagens realizadas até ao final do ano letivo, incluindo o trabalho realizado ao longo do 3.º período, independentemente da modalidade utilizada, sem prejuízo do juízo globalizante sobre as aprendizagens desenvolvidas pelos alunos.

3 — Os alunos realizam exames finais nacionais apenas nas disciplinas que elejam como provas de ingresso para efeitos de acesso ao ensino superior, sendo ainda permitida a realização desses exames para melhoria de nota, relevando o seu resultado apenas como classificação de prova de ingresso.

4 — Sem prejuízo do disposto no número anterior, nos casos em que se encontre prevista a realização de exames finais nacionais apenas para apuramento da classificação final do curso para efeitos de prosseguimento de estudos no ensino superior, os alunos ficam dispensados da sua realização.

5 — Sem prejuízo do disposto nos n.os 3 e 4, os alunos autopropostos, incluindo os que se encontram na modalidade de ensino individual e doméstico, realizam provas de equivalência à frequência, para a aprovação de disciplinas e conclusão do ensino secundário, as quais são substituídas por exames finais nacionais quando exista essa oferta.

 

Artigo 9.º

Avaliação, conclusão e certificação dos cursos de dupla certificação e dos cursos artísticos especializados

1 — Nos anos terminais dos ciclos formativos das ofertas profissionalizantes de nível básico e secundário, a formação prática ou a formação em contexto de trabalho, previstas nas matrizes curriculares dos respetivos cursos, podem ser realizadas através de prática simulada.

2 — Nos anos terminais dos cursos profissionais, cursos de educação e formação, cursos artísticos especializados e cursos científico-tecnológicos, as provas de aptidão profissional, avaliação final, aptidão artística e aptidão tecnológica, respetivamente, podem ser realizadas através de meios não presenciais, competindo a cada escola, no âmbito da sua autonomia, organizar os procedimentos mais adequados para o efeito.

3 — Nos anos terminais dos cursos referidos no número anterior, quando não for possível cumprir a totalidade das horas previstas nos respetivos referenciais de formação, cabe aos órgãos próprios de cada escola decidir sobre a avaliação final, e correspondente conclusão e certificação, a conceder a cada aluno, tendo por referência o nível de competências evidenciado face ao perfil de competências definidos para cada curso e ao Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, homologado pelo Despacho n.º 6478/2017, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 143, de 26 de julho.

 

| 2020.04.14 |                                                             topo

 

14.abril.2020

ALTERAÇÕES ÀS INSCRIÇÕES EM EXAMES NACIONAIS

O Decreto-Lei n.º 14-G/2020, de 13 de abril, determina o seguinte:

 

Artigo 14.º

Inscrição nos exames finais nacionais

1 — Sem prejuízo das inscrições efetuadas ao abrigo do estipulado no Regulamento das Provas de Avaliação Externa e das Provas de Equivalência à Frequência dos Ensinos Básico e Secundário, aprovado em anexo ao Despacho Normativo n.º 3 -A/2020, de 5 de março, na pendência da suspensão das atividades letivas presenciais, o processo de inscrição nos exames finais nacionais obedece às seguintes regras:

a) Os alunos ou os seus encarregados de educação enviam para a escola, por correio eletrónico, o boletim de inscrição (modelo EMEC) disponibilizado em formato editável ou a digitalização do original, devidamente preenchido;

b) As escolas confirmam a receção dos documentos identificados na alínea anterior e procedem à verificação da conformidade da inscrição relativamente à situação escolar do aluno, dando desse facto conhecimento ao mesmo ou ao encarregado de educação, através de correio eletrónico;

c) Nas situações em que não seja possível a utilização do recurso previsto na alínea a), a inscrição pode ser efetuada através de formulário disponibilizado, para esse efeito, na plataforma eletrónica disponível em https://exames.dgeec.mec.pt/.

2 — Antes do termo do prazo do processo de inscrição para as provas e exames dos ensinos básico e secundário, as escolas contactam os alunos ou encarregados de educação que ainda não tenham procedido à respetiva inscrição, com vista a que estes o façam.

3 — Compete às escolas a divulgação, nos respetivos sítios na Internet e através de outros meios que julguem mais eficazes, dos procedimentos de inscrição previstos no n.º 1.

4 — Os diretores das escolas, atento o contexto da comunidade em que se encontram inseridos, podem optar por outros modos de inscrição que julguem mais adequados e eficazes, designadamente em articulação com os diretores de turma, de forma a que os alunos não fiquem inibidos do seu direito de inscrição.

5 — Findo o prazo de suspensão da atividade letiva presencial ou no dia da realização do primeiro exame, os alunos ou os seus encarregados de educação procedem à entrega do original ou do modelo descarregado do boletim de inscrição, devidamente preenchido e assinado, havendo lugar, quando aplicável, ao pagamento de encargos de inscrição.

6 — O prazo de inscrição para as provas e exames dos ensinos básico e secundário previsto no Regulamento das Provas de Avaliação Externa e das Provas de Equivalência à Frequência dos Ensinos Básico e Secundário, aprovado em anexo ao Despacho Normativo n.º 3 -A/2020, de 5 de março, é prorrogado até 11 de maio de 2020.

7 — No prazo estabelecido no número anterior, os alunos alteram, sempre que necessário, as inscrições para os exames finais nacionais que já tenham sido efetuadas, com vista à adaptação das suas opções nos termos do disposto no n.º 3 do artigo 8.º

8 — A comunicação das alterações a que se refere o número anterior é efetuada nos termos previstos nos n.os 1 e 4, com exceção do disposto na alínea c) do n.º 1.

 

 

| 2020.04.14 |                                                             topo

 

13.abril.2020

INÍCIO DO 3º PERÍODO - ENSINO À DISTÂNCIA

O Conselho Pedagógico do Agrupamento, reunido dia 13 de abril, aprovou as seguintes orientações para a continuação das atividades de ensino à distância que vão decorrer no 3º Período.

Este documento será enviado aos pais/encarregados de educação pelos DT/professores titulares.

 

1.              AULAS PRESENCIAIS

As aulas presenciais continuam suspensas até determinação em contrário do Governo.

A Direção começou já a elaborar o plano de contingência para a concretização da possibilidade de as mesmas recomeçarem para os alunos do 11º e 12º anos.

 

2.              CONTINUAÇÃO DO ENSINO À DISTÂNCIA

O Agrupamento de Escolas de Casquilhos, Barreiro (AEC) irá prosseguir, a partir de dia 14 de abril de 2020, com as atividades de ensino à distância nos moldes indicados no presente documento.

Estas atividades irão ter em conta os condicionamentos com que os alunos se podem confrontar, nomeadamente:

- dificuldade ou impossibilidade de acesso a meios de comunicação à distância [nesse caso, ver ponto 12];

- existência de vários membros do agregado familiar em teletrabalho;

- existência de vários irmãos em idade escolar;

- limitações tecnológicas de equipamentos ou de rede.

Assim, o Conselho Pedagógico recomenda vivamente a preferência por contactos assíncronos (diferidos) com os alunos.

 

3.                RECURSOS A UTILIZAR

As atividades de ensino à distância irão recorrer à plataforma Teams existente no Microsoft Office e disponibilizada gratuitamente a todos os alunos do AEC.

O acesso é feito através do email institucional (tipicamente, esse mail será do género xxxxxxxxxx@aecasquilhos.pt) e da respetiva senha de acesso (password).

Todos os alunos têm o seu mail institucional e a respetiva password. Caso não o tenham ou o tenham esquecido, deverá o respetivo aluno enviar um pedido de recuperação ao Diretor de Turma.

O acesso pode ser feito quer através de computador pessoal, quer através de telemóvel com ligação à rede e que tenha esta aplicação instalada.

Na plataforma Teams foram criadas “salas de aula digitais” (desde o 1º ao 12º ano) em que participam os docentes e todos os alunos de uma determinada turma.

Os professores titulares de turma (1.º Ciclo) receberam já as listagens correspondentes de emails e respetivas passwords para entregar aos alunos. Com as mesmas deverão aceder ao email institucional e, por conseguinte, ao Teams.

Cada aluno terá acesso a um tutorial para utilização do Teams, que está disponível em https://tinyurl.com/vloqxf9.

É nesta plataforma que, obrigatoriamente, serão:

- feitos os contactos, síncronos ou assíncronos, entre docentes e alunos;

- disponibilizados os materiais a utilizar pelos alunos;

- esclarecidas as dúvidas existentes;

- colocados os trabalhos realizados pelos alunos.

Alerta-se que a utilização do Teams em telemóvel consome uma quantidade considerável de energia, pelo que os utilizadores devem ter este facto presente de modo a não ficarem “sem bateria” a meio de uma atividade.

 

4.              CONTEÚDOS NOVOS A LECIONAR E RESPETIVA AVALIAÇÃO

Os conteúdos novos a lecionar, assim como a forma e o número de elementos de avaliação a solicitar a cada aluno neste 3º período terão em conta as aprendizagens essenciais de cada disciplina e serão comunicados aos alunos.

 

5.               HORÁRIOS

Considerou-se que podia haver necessidade de contactos síncronos (em que estão “ligados” simultaneamente todos os alunos e o professor) em determinadas situações como, por exemplo:

a)      definição de aprendizagens a adquirir;

b)      indicação de tarefas a realizar;

c)       esclarecimento de dúvidas;

d)      momentos individuais de avaliação.

Para assegurar a possibilidade destes contactos síncronos mas evitar a sobreposição entre as diferentes disciplinas, a Direção tomou a decisão de manter os horários semanais de cada turma mas alterar o início e fim de cada tempo letivo, de acordo com a Tabela seguinte.

Teve-se também em consideração o horário de emissão das atividades #EstudoEmCasa pela televisão (https://www.rtp.pt/estudoemcasa-apresentacao/ [informação RTP de 11.04.2020]), de modo a possibilitar a todos os alunos do Ensino Básico o acesso às mesmas.

Assim, a partir de dia 14 de abril de 2020, o início e fim de cada tempo letivo nas atividades síncronas de ensino à distância, sempre que existam, serão os indicados na tabela seguinte:

 

Tabela 1

ANTES

 

AGORA

Aulas presenciais

(até 13/03/2020)

 

Atividades à distância – plano de contingência

(desde 14/04/2020)

5º - 12º anos

 

5º e 6º anos

 

7º - 12º anos

t *

início

fim

 

t *

início

fim

 

t *

início

fim

1

08:20

09:10

 

1

14:00

14:20

 

1

09:00

09:20

2

09:15

10:05

 

2

14:30

14:50

 

2

09:30

09:50

3

10:25

11:15

 

3

15:00

15:20

 

3

10:00

10:20

4

11:25

12:15

 

4

15:30

15:50

 

4

10:30

10:50

5

12:20

13:10

 

5

16:00

16:20

 

5

11:00

11:20

Almoço

 

6

16:30

16:50

 

6

11:30

11:50

7

14:15

15:05

 

7

17:00

17:20

 

7

12:00

12:20

8

15:10

16:00

 

8

17:30

17:50

 

8

12:30

12:50

9

16:10

17:00

 

9

18:00

18:20

 

9

13:00

13:20

10

--

--

 

 

 

 

 

 

 

 

* t = tempo letivo

 

Estas alterações nos horários dos alunos já se encontram disponíveis no sítio eletrónico (site) do AEC, em www.aecasquilhos.pt/turmas.

De acordo com as melhores práticas educativas, as sessões de atividade síncrona não deverão ser superiores a 40 minutos.

Lembramos que estes novos horários não obrigam à realização de atividades síncronas durante todos os tempos aí indicados mas que se destinam a que os professores possam reservar os mesmos para atividades da sua disciplina se assim o entenderem.

Igualmente, os alunos podem solicitar ao professor, através da plataforma Teams, momentos de esclarecimento de dúvidas dentro dos horários da respetiva disciplina.

 

6.               REGISTOS

Como sempre, compete aos pais/encarregados de educação acompanhar as atividades educativas realizadas durante este período, tanto mais que, de acordo com as orientações do ME, todas as faltas serão automaticamente justificadas.

Se for detetada a inexistência de ligações por parte dos alunos, esta situação será comunicada pelo docente ao DT ou, no 1º ciclo, à coordenadora de ano e, posteriormente, à Direção.

 

7.              APOIO TUTORIAL ESPECÍFICO

Os alunos que têm um programa de Apoio Tutorial Específico continuarão a ser acompanhados à distância pelo respetivo docente, em articulação com o respetivo Diretor de Turma.

 

8.              EDUCAÇÃO INCLUSIVA

Os alunos inseridos na educação inclusiva, quer tenham ou não meios de comunicação à distância, continuarão a ser acompanhados pelos respetivos docentes (GR 910), em articulação com os DT das turmas em que se inserem.

 

9.              EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

 Considera-se que na educação pré-escolar o ensino à distância é completamente desapropriado pelo que os educadores irão promover contactos regulares com os pais/encarregados de educação de forma a manter as “rotinas diárias às crianças que, além de contribuir para o seu bem-estar, criam oportunidades de aprendizagem, dando assim continuidade às aprendizagens realizadas no jardim de infância” (Apoio Escolar, do Ministério da Educação).

Serão também dadas sugestões para atividades a realizar numa dinâmica familiar, assim como indicação de sites e disponibilizados links que proporcionem o desenvolvimento de práticas saudáveis e adequadas.

Aconselha-se também o recurso aos conteúdos para as crianças em idade pré-escolar emitidas pela RTP2 de acordo com a informação disponível em https://www.rtp.pt/estudoemcasa-apresentacao/  [informação RTP de 11.04.2020].

 

10.              PRIMEIRO CICLO DO ENSINO BÁSICO

No 1º ciclo do Ensino Básico, em que os tempos estão organizados por períodos de 60 minutos, o Conselho Pedagógico aconselhou a maior ponderação no recurso e duração das atividades síncronas (tal como dito anteriormente, nunca superior a 40 minutos diários, podendo este período de tempo ser repartido pelo dia), assim como na quantidade de tarefas a realizar pelos alunos.

 

11.              CURSOS PROFISSIONAIS

Irão ser implementados os meios para o acompanhamento à distância da elaboração das Provas de Aptidão Profissional (PAP), assim como a apresentação e defesa das mesmas pelos alunos perante um júri através dos meios de comunicação à distância.

Tal como está previsto na lei, os estágios profissionais serão substituídos por atividades de Prática Simulada.

 

12.              ALUNOS SEM MEIOS DE COMUNICAÇÃO À DISTÂNCIA

Os alunos sem acesso a meios de comunicação à distância continuam a pertencer às suas turmas de origem e cada professor tentará fazer chegar a esses alunos os materiais fornecidos aos colegas.

Os alunos que recorram exclusivamente aos conteúdos das emissões televisivas #EstudoEmCasa (do 1º ao 9º ano) serão acompanhados também por professores mentores, nomeados pela Direção e que ficarão responsáveis por:

a)      Verificação de que esses alunos acompanham as emissões televisas;

b)      Acompanhamento do trabalho destes alunos;

c)       Encaminhamento dos materiais fornecidos aos restantes alunos da turma;

d)      Recolha dos materiais produzidos pelos alunos e envio para o respetivo docente.

“Os recursos [da RTP] são um complemento e um recurso de apoio primeiramente para que os alunos sem conectividade e/ou equipamento (ainda que pontualmente) possam beneficiar das aprendizagens aí disponibilizadas, independentemente de outras utilizações que possam ser feitas pelos docentes. Não são, pois, uma forma autossuficiente de desenvolver aprendizagens integrais no Ensino Básico.” (9 princípios orientadores para acompanhamento dos alunos que recorrem ao #EstudoEmCasa – ME).

As funções dos professores mentores atrás referidos poderão/deverão ser implementadas em articulação com a comunidade educativa e local (associação de pais, juntas de freguesia, instituições de solidariedade social, etc.).

 

13.              ALUNOS COM NECESSIDADE DE APOIO SOCIAL ESCOLAR (ASE)

A realidade social dos alunos do AEC revela-se extremamente suscetível a situações de crise económica como a que se vive atualmente (inexistência de atividade económica para trabalhadores independentes, layoff, desemprego, doença…).

Solicitamos a todos os pais que sinalizem, com a máxima urgência, através do respetivo DT/professor titular de turma, alunos que revelem carências alimentares ou outras de modo a se poderem ativar os serviços da ASE ou outros.

Lembra-se que a Câmara Municipal do Barreiro assegura a entrega, ao portão de cada escola, de uma refeição e de um lanche, para os alunos de Escalão A e B do Ensino Básico que necessitem e o tenham indicado previamente.

Aprovado no Conselho Pedagógico de 13 de abril de 2020 [adaptado]

 

 

| 2020.04.13 |                                                             topo

 

9.abril.2020

AGRUPAMENTO AJUDA NA PRODUÇÃO DE GEL DESINFETANTE

Respondendo a um apelo da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro, diversos professores de Química e de Biologia/Geologia do nosso Agrupamento têm estado a preparar nas instalações dessa escola gel desinfetante a distribuir pelos Centros de Saúde e pelo Hospital do Barreiro.

Este gel é composto a partir de álcool etílico oferecido pela Casa Ermelinda de Freitas, produtora de vinhos da região de Setúbal, e de diversos reagentes fornecidos pela Câmara Municipal do Barreiro.

Também outras escolas do concelho têm vindo a participar, produzindo-se, até ao momento, mais de 400 L de gel desinfetante que começava a escassear nas unidades de saúde onde já foi entregue.

 

[Podes ver mais fotos clicando na imagem]

 

| 2020.04.09 |                                                             topo

 

1.abril.2020

FICHAS DE INFORMAÇÃO - 2º PERÍODO

Atendendo à situação de isolamento a que a população portuguesa está submetida, não serão afixadas as pautas de avaliação do final do 2º período.

Assim, até ao próximo dia 6 de abril, os Diretores de Turma/professor titular enviarão, através de correio eletrónico ou de outro meio de comunicação à distância, as Fichas de Informação dos respetivos alunos.

No caso de completa impossibilidade de recurso a este meio, e só neste caso, as fichas serão enviadas via CTT.

Não está, neste momento, prevista qualquer reunião entre o Diretor de Turma ou professor titular e os pais ou encarregados de educação

 

| 2020.04.01 |                                                             topo

 

19.março.2020 e seguintes

INTERDIÇÕES E OUTRAS INFORMAÇÕES - CMB

A pedido da Câmara Municipal do Barreiro, divulgamos as seguintes informações:


Novas deliberações da Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro | 17 de maio

 

A Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro, dirigida pelo Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, reunida em 17 de maio de 2020, pelas 11H00, deliberou, na sequência da Declaração de Alerta Municipal e da ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, bem como da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-C/2020 de 30 de abril, que estabelece uma estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença COVID-19, as seguintes medidas, que entram de imediato em vigor:

 

• O funcionamento do Balcão Único do Município apenas por atendimento telefónico ou marcação prévia;

 • A reabertura dos cemitérios municipais, que passarão a funcionar por marcação prévia e número máximo de pessoas por período de marcação; (1)

 • A possibilidade da abertura das lojas com área superior a 400m2 que tenham porta para a rua, cumprindo as recomendações da Direção Geral da Saúde no que diz respeito à higienização e às regras de ocupação, permanência e distanciamento físico;

 • A revogação do Despacho n.º 158/2020 de 15 de março, através do Despacho n.º 238/2020, permitindo a reabertura das esplanadas, cujo licenciamento havia sido suspenso;

 • Permitir a reabertura dos clubes, coletividades e associações e demais entidades do movimento associativo do concelho do Barreiro, cumprindo as recomendações da Direção Geral da Saúde no que diz respeito à higienização e às regras de ocupação, permanência e distanciamento físico;

 • Manter a interdição do Parque de Merendas da Mata Nacional da Machada;

 • A reabertura do parque de estacionamento do Parque da Cidade, mantendo o seu encerramento às 23H00;

 • A interdição da realização de qualquer celebração de cariz religioso ou evento de culto que implique uma aglomeração de pessoas, incluindo velórios, conforme o disposto na Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-C/2020 de 30 de abril;

 • Recomendar à população que respeite os limites determinados para os espaços abertos ao público;

 • A população deverá manter o afastamento social preconizado pela Direção Geral da Saúde e, sempre que possível, manter-se em casa, evitando ao máximo saídas desnecessárias.

 

(1) CEMITÉRIOS VISITAS SÓ POR MARCAÇÃO PRÉVIA

Horário de funcionamento para marcar: 09H00 às 12H00 horas; 14H00 às 17H00 horas

Independentemente do Cemitério deve efetuar marcação através dos contatos: TEL.: 212068645 E-MAIL: CEMITERIO.VILACHA@CM-BARREIRO.PT

Horário para visitas uma vez efetuada marcação:

Cemitérios da Vila Chã, Lavradio e Palhais 09H00 às 10H30

Cemitério da Vila Chã 17H00 às 19H00

 

Durante o período de vigência da presente Declaração de Alerta, os cidadãos e demais entidades têm, nos termos dos n.ºs 1 a 3 do art.º 6.º da Lei de Bases da Proteção Civil, o dever de colaboração, nomeadamente no cumprimento de ordens ou instruções dos órgãos e agentes responsáveis pela Segurança Interna e pela Proteção Civil e na pronta satisfação de solicitações que justificadamente lhes sejam feitas pelas entidades competentes para a concretização das medidas que justificam a presente Declaração.

 A desobediência e a resistência às ordens legítimas das entidades competentes, quando praticadas em situação de alerta constituem crime e são sancionadas nos termos da Lei Penal, sendo as respetivas penas agravadas em 1/3 nos seus limites mínimo e máximo, nos termos do n.º 4 do art.º 6.º da Lei de Bases da Proteção Civil.


 

Lojas com área superior a 400m2 com porta aberta para a rua podem reabrir a 18 de maio

Despacho Nº 237/2020 do Presidente da CMB

 

O Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Alexandre Aljustrel da Costa Rosa, faz saber e comunica que, considerando a Resolução do Conselho de Ministros (RCM) n.º 33-C/2020 de 30 de abril, que estabelece uma estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença COVID-19, no cumprimento das responsabilidades cometidas à Autarquia  por este diploma, designadamente no que diz respeito ao seu n.º 1, que remete para o Anexo I, definindo que  as lojas com área superior a 400m2 com porta aberta para a rua poderão reabrir a partir do próximo dia 18 de maio de 2020, sempre no estrito cumprimento das normas e orientações emanadas pela Direção Geral da Saúde, conforme o disposto no n.º 4 da mesma RCM;

Considerando que a Comissão Municipal de Proteção Civil acolhe a referida resolução:

Nos termos das competências próprias que me são cometidas pela al. v) do art.º 35.º do Anexo I da Lei n.º 75/2013 de 12/09, determino que as lojas com área superior a 400m2 com porta aberta para a rua poderão reabrir a partir do próximo dia 18 de maio de 2020 sempre no estrito cumprimento das normas e orientações emanadas pela Direção Geral da Saúde.


 

Novas deliberações da Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro | 03 de maio

 

A Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro, dirigida pelo Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, reunida em 03 de maio de 2020, pelas 11H00, deliberou, na sequência da Declaração de Alerta Municipal e da ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, bem como da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de abril, que declara a situação de calamidade, no âmbito da pandemia COVID-19 e da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-C/2020 de 30 de abril, que estabelece uma estratégia de levantamento de medidas de confinamento no âmbito do combate à pandemia da doença COVID-19, as seguintes medidas, que entram de imediato em vigor:

 

  • A renovação da Declaração da Situação de Alerta de Âmbito Municipal;
  • A manutenção do encerramento dos atendimentos presenciais das Uniões de Freguesia e Juntas de Freguesia do Concelho e Balcão Único do Município, estando disponível o atendimento telefónico ou o atendimento por marcação;
  • Manter o encerramento dos Mercados do Levante do Barreiro e Mensais de Coina e Penalva;
  • As farmácias e gasolineiras do Concelho poderão agora funcionar nos moldes definidos na Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de abril, nomeadamente no seu art.º 10.º e 11.º;
  • O reforço da higienização e desinfeção dos Mercados Municipais e Transportes Coletivos do Barreiro, nos moldes definidos na Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de abril, nomeadamente no seu art.º 11.º;
  • Exigir e fiscalizar o reforço da higienização e desinfeção de superfícies comerciais privadas, nos moldes definidos na Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de abril, nomeadamente no seu art.º 11.º;
  • Manter o encerramento dos parques infantis e polidesportivos do concelho;
  • Manter o encerramento de todos os clubes, coletividades e associações e demais entidades do movimento associativo do concelho do Barreiro (àqueles que tenham estabelecimentos de restauração e similares é aplicado o indicado em seguida);
  • Os estabelecimentos de restauração e similares, que mantenham a sua atividade para efeitos exclusivos de confeção destinada a consumo fora do estabelecimento ou entrega no domicílio, conforme o art.º 7.º da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de abril, terão que encerrar até às 23H00;
  • A reabertura da Mata Nacional da Machada, com interdição do Parque de Merendas;
  • A reabertura do Parque da Cidade, com encerramento às 23H00 e interdição do respetivo parque de estacionamento;
  • A interdição da realização de qualquer celebração de cariz religioso ou evento de culto que impliquem uma aglomeração de pessoas, incluindo velórios, conforme o disposto na Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-C/2020 de 30 de abril;
  • A fixação do limite máximo de 10 pessoas para cada funeral nos cemitérios Municipais, exceção feita aos familiares, ao abrigo do disposto no art.º 19.º da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de abril;
  • Que a entrada nas superfícies comerciais é de duas pessoas por agregado familiar, exclusivamente com carrinho de compras, de forma a manter o distanciamento social, higienizados após cada utilização, conforme estabelecido no art.º 11.º da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de abril e na orientação 014/2020 de 21/03/2020 da Direção Geral da Saúde, que estabelece as normas de limpeza e desinfeção de superfícies em estabelecimentos de atendimento ao público ou similares;
  • Manter a higienização entre clientes dos tapetes rolantes nas caixas das superfícies comerciais, antes da colocação das compras, conforme estabelecido no art.º 11.º da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de abril e na orientação 014/2020 de 21/03/2020 da Direção Geral da Saúde, que estabelece as normas de limpeza e desinfeção de superfícies em estabelecimentos de atendimento ao público ou similares;
  • Recomendar à população que respeite os limites determinados para os espaços abertos ao público;
  • A população deverá manter o afastamento social preconizado pela Direção Geral da Saúde e, sempre que possível, manter-se em casa, evitando ao máximo saídas desnecessárias.

 

Durante o período de vigência da presente Declaração de Alerta, os cidadãos e demais entidades têm, nos termos dos n.ºs 1 a 3 do art.º 6.º da Lei de Bases da Proteção Civil, o dever de colaboração, nomeadamente no cumprimento de ordens ou instruções dos órgãos e agentes responsáveis pela Segurança Interna e pela Proteção Civil e na pronta satisfação de solicitações que justificadamente lhes sejam feitas pelas entidades competentes para a concretização das medidas que justificam a presente Declaração.

 

A desobediência e a resistência às ordens legítimas das entidades competentes, quando praticadas em situação de alerta constituem crime e são sancionadas nos termos da Lei Penal, sendo as respetivas penas agravadas em 1/3 nos seus limites mínimo e máximo, nos termos do n.º 4 do art.º 6.º da Lei de Bases da Proteção Civil.

 

+Info.:  https://www.cm-barreiro.pt/pages/792?news_id=8220


 

Novas deliberações da Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro | 09 de abril

 

A Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro, dirigida pelo Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, reunida em 09 de abril de 2020, pelas 11H00, deliberou, na sequência da Declaração de Alerta Municipal e da ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, bem como do Decreto 2-B/2020 de 02 de abril, que executa a Declaração de Estado de Emergência, em aditamento às deliberações já expressas anteriormente, as seguintes medidas, que entram de imediato em vigor:

 

  • A renovação da Declaração da Situação de Alerta de Âmbito Municipal;

 

  • O encerramento do Parque da Cidade entre os dias 10 e 14 de abril;

 

  • Que a entrada nos supermercados / superfícies comerciais é de apenas uma pessoa por agregado familiar;

 

  • Recomendar à população que respeite os limites determinados para os espaços abertos ao público;

 

  • Apela-se para que seja mantida a serenidade e para que sejam cumpridas todas as recomendações das entidades oficiais;

 

  • A população deverá manter o afastamento social preconizado pela Direção Geral da Saúde e, sempre que possível, manter-se em casa, evitando ao máximo saídas desnecessárias.

 

Durante o período de vigência da presente Declaração de Alerta, os cidadãos e demais entidades têm, nos termos dos n.ºs 1 a 3 do art.º 6.º da Lei de Bases da Proteção Civil, o dever de colaboração, nomeadamente no cumprimento de ordens ou instruções dos órgãos e agentes responsáveis pela Segurança Interna e pela Proteção Civil e na pronta satisfação de solicitações que justificadamente lhes sejam feitas pelas entidades competentes para a concretização das medidas que justificam a presente Declaração.

 

A desobediência e a resistência às ordens legítimas das entidades competentes, quando praticadas em situação de alerta constituem crime e são sancionadas nos termos da Lei Penal, sendo as respetivas penas agravadas em 1/3 nos seus limites mínimo e máximo, nos termos do n.º 4 do art.º 6.º da Lei de Bases da Proteção Civil.


 

A Câmara Municipal do Barreiro dá a conhecer as medidas propostas pelas diferentes forças políticas na reunião pública de Câmara de 1 de abril de 2020 e aprovadas por unanimidade, que estarão em vigor entre 1 de março e 30 de junho, com o objetivo de fazer face aos constrangimentos resultantes dos efeitos pandémicos do COVID-19.

 

Incentivos à economia:

 

  1. (...)
  2. Continuidade do serviço de refeições escolares, aos alunos do escalão A e B respeitando todos os critérios de segurança sanitária (efeito imediato)
  3. Pagamento do valor remanescente a ser pago pelas famílias relativamente às refeições escolares - Escalão B - (efeito imediato)
  4. (...)

 

Horário dos TCB - Plano de Contingência COVID -19"

 

A partir do dia 30 de março de 2020 (segunda-feira), entrará em vigor o seguinte horário dos Transportes Colectivos do Barreiro designado por “Plano de Contingência COVID – 19”:

Horário

 

Apelamos ao bom senso de todos e pedimos que respeite o Estado de Emergência em vigor.

Mantenha-se em casa e siga TODAS as recomendações!


 

Novas deliberações da Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro | 23 de março

 

A Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro, dirigida pelo Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, reunida a 23 de março , pelas 11h00, deliberou, na sequência da Declaração de Alerta Municipal e da ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, bem como da Declaração de Estado de Emergência – Decreto 14-A/2020 de 18 de março, em aditamento às deliberações já expressas anteriormente, as seguintes medidas, que entram de imediato em vigor:

 

• A interdição da realização de qualquer celebração de cariz religioso ou evento de culto que impliquem uma aglomeração de pessoas, incluindo velórios;

• A fixação do limite máximo de 5 pessoas para cada funeral nos cemitérios Municipais;

• O encerramento do Parque da Cidade às 19H00;

• Recomendar à população que respeite os limites determinados para os espaços abertos ao público;

• Apela-se para que seja mantida a serenidade e para que sejam cumpridas todas as recomendações das entidades oficiais;

• A população deverá manter o afastamento social preconizado pela Direção Geral da Saúde e, sempre que possível, manter-se em casa, evitando ao máximo saídas desnecessárias.

 

Durante o período de vigência da presente Declaração de Alerta, os cidadãos e demais entidades têm, nos termos dos n.ºs 1 a 3 do art.º 6.º da Lei de Bases da Proteção Civil, o dever de colaboração, nomeadamente no cumprimento de ordens ou instruções dos órgãos e agentes responsáveis pela Segurança Interna e pela Proteção Civil e na pronta satisfação de solicitações que justificadamente lhes sejam feitas pelas entidades competentes para a concretização das medidas que justificam a presente Declaração.

A desobediência e a resistência às ordens legítimas das entidades competentes, quando praticadas em situação de alerta constituem crime e são sancionadas nos termos da Lei Penal, sendo as respetivas penas agravadas em 1/3 nos seus limites mínimo e máximo, nos termos do n.º 4 do art.º 6.º da Lei de Bases da Proteção Civil.


 

Bebedouros, chuveiros, chafarizes e/ou fontanários públicos encerrados no Barreiro

 

A Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro informa que vai proceder ao encerramento dos bebedouros, chafarizes, chuveiros e pontos de água com torneira existentes no Concelho do Barreiro, por se considerar serem equipamentos públicos de possível contágio, a partir de amanha, dia 22 de março.

Apelamos ao bom senso de todos e pedimos que respeite o Estado de Emergência em vigor.

Mantenha-se em casa e siga TODAS as recomendações!


 

Barreiro lança mais uma linha de apoio social

Freguesias juntam-se à Autarquia no apoio social a idosos isolados

 

A Câmara Municipal do Barreiro (CMB) tem a funcionar, desde o dia 16 de março, uma linha de apoio social (21 206 82 14), que visa prestar ajuda a quem precisa. Como extensão deste apoio, foi criada mais uma linha de atendimento (21 206 81 95), que funciona entre as 09h00 e as 19h00.

Neste âmbito ainda, a partir da próxima segunda-feira, dia 23 de março, Junta e Uniões de Freguesia juntam-se às equipas da CMB que estão no terreno, devidamente identificadas, na prestação deste apoio social a idosos em situação de isolamento através da aquisição de refeições, medicamentos e bens sociais.

Por existirem relatos de assaltos a domicílios por parte de indivíduos que se fazem passar por equipas de rastreio ao COVID- 19 ou elementos pertencentes a empresas de telecomunicações, a CMB alerta que as equipas de apoio social estão identificadas com coletes cor-de-laranja, com a inscrição Proteção Civil e um cartão de identificação verde com a mesma inscrição, conforme imagem em anexo. Alertamos para estar atento a esta situação e não abrir a porta de casa a desconhecidos.  

Este apoio vem complementar o Programa de Apoio Social da CMB nas respetivas freguesias.


 

Profissionais em prontidão com horário específico para compras em supermercado em todo o território nacional

Lojas LIDL em Portugal Continental | Das 08h00 às 08h30 e das 19h00 às 19h30

 

No seguimento das solicitações feitas pelo Município às Lojas do Barreiro, da cadeia de supermercados Lidl Portugal, a mesma fez saber que a partir de amanhã, sábado, 21 de março, disponibiliza em todas as suas 258 lojas em Portugal Continental, uma hora de acesso exclusivo para Forças de Segurança Pública, Proteção Civil, Bombeiros e profissionais de saúde, devidamente identificados com uma credencial emitida pela Câmara Municipal da sua área de residência. O acesso à loja será repartido por dois momentos ao longo do dia, das 08h00 às 08h30 e das 19h00 às 19h30.


 

Reabertura dos Mercados Municipais

Entradas e saídas vão ser controladas por questões de segurança

 

A Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro deliberou reabrir os Mercados Municipais, a partir da próxima terça-feira, dia 24 de março, depois do Município ter conseguido reunir as condições de segurança necessárias para comerciantes e clientes, ao nível do número de pessoas dentro da instalação, do distanciamento social necessário e do reforço da higienização. Situações que não estavam asseguradas no dia 17 de março, motivo pelo qual foram encerrados.

Desta forma, vão reabrir ao público, entre as 07h00 e as 14h00, os Mercados Municipais: 1º de Maio, 25 de Abril, de Coina, do Lavradio e de Santo André, de terça-feira a sábado.


 

Barreiro SEM TRANSMISSÃO ATIVA NA COMUNIDADE

Mantenha-se em casa!

 

A Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro, reunida, hoje, 20 de março, pelas 11h00, informa que no Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) Arco ribeirinho que engloba os quatro Concelhos, Barreiro, Moita, Montijo e Alcochete, há atualmente oito casos de infeção por COVID-19, todos importados (de fora dos quatro Concelhos), NÃO SE VERIFICANDO TRANSMISSÃO NA COMUNIDADE, pelo que se continua a aconselhar que respeite o Estado de Emergência  e permaneça em casa para que continue a não haver transmissão.

 

Seja Responsável, siga TODAS as recomendações e FIQUE EM CASA!


 

O que fazer com os resíduos produzidos nos domicílios em caso de infeção por COVID- 19

 

Recomendações da Agência Portuguesa do Ambiente e da

Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos

 

O Ministério do Ambiente e da Ação Climática, emitiu orientações relativas à gestão de resíduos nesta situação de pandemia, que visam garantir a proteção da saúde pública, dos trabalhadores e prevenir a disseminação da doença, compatibilizando-a com a necessidade de uma gestão eficaz e eficiente dos resíduos.

Na situação de se estar perante caso(s) suspeito(s) ou confirmado(s) de infeção por COVID-19 em tratamento no domicílio, todos os resíduos produzidos pelo(s) doente(s) e por quem lhe(s) prestar assistência devem ser colocados em sacos de lixo resistentes e descartáveis, com enchimento até 2/3 (dois terços) da sua capacidade. Os sacos devidamente fechados devem ser colocados dentro de um 2º saco, devidamente fechado, e ser depositado no contentor de resíduos indiferenciados.

Outras questões específicas devem ser colocadas à Agência Portuguesa do Ambiente, que coordenará a sua resposta com as restantes entidades com responsabilidade na matéria.

Informação adicional disponível no Portal da Direção-Geral da Saúde em https://covid19.min-saude.pt/


 

Divisão de Resíduos e Higiene Urbana reforça desinfeção e suspende recolha de monos

 

Tendo em conta a situação que atualmente vivemos a Câmara Municipal do Barreiro através da Divisão de Resíduos e Higiene Urbana, encontra-se desde ontem, 17 de março, a efetuar a desinfeção dos abrigos das paragens de autocarros e dos contentores de resíduos - de superfície, enterrados (ilhas) e semienterrados (moloks). A Autarquia, em colaboração com a AMARSUL, alargou a desinfeção aos ecopontos que se encontram junto dos equipamentos de superfície.

Informamos que a Autarquia se encontra em serviços mínimos e, por isso, não há recolha de monos nem de resíduos verdes. Por este motivo, pedimos a compreensão dos Munícipes para que evitem a colocação de monos na via pública.

 

Agradecemos a sua compreensão.


 

Comunicado 002 da Proteção Civil - Barreiro [17/03]

 

Profissionais de saúde e segurança

Face à situação de pandemia que o país enfrenta, que mobilizou milhares de profissionais de diversas forças de segurança e equipas de saúde, em permanência, a cadeia de supermercados ALDI Portugal, através da sua loja no Barreiro, respondeu positivamente à solicitação do Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, ao pedido de disponibilização de um horário exclusivo para atendimento a estes profissionais.

Neste sentido, todas as forças de segurança, bombeiros, proteção civil, pessoal médico, enfermagem e de técnicos saúde que por contingências de trabalho, não têm disponibilidade de efetuar compras nos horários habituais, podem dirigir-se à loja ALDI do Barreiro, entre as 09h00 e as 10h00, tocar à campainha e mostrar o respetivo documento comprovativo profissional.

 

 

Na sequência da Declaração de Alerta Municipal e da ativação do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, o Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Rosa, nas competências que lhe estão conferidas, decretou o encerramento dos Mercados Municipais do Barreiro, a partir do dia 17 de março.

 

A Comissão Municipal de Proteção Civil do Barreiro, deliberou a interdição de permanência e circulação de pessoas na Mata Nacional da Machada, de forma a evitar o aglomerado de pessoas na zona. [17 de março] 


 

Interdição de atividades que impliquem aglomerados de pessoas nas praias

Edital do Ministério da Defesa Nacional | Autoridade Marítima Nacional

 

A Capitania do Porto de Lisboa anunciou ontem, 14 de março, a "interdição de todas as atividades desportivas ou de lazer que impliquem aglomerados de pessoas, de modo a minimizar a probabilidade de disseminação do COVID- 19, nas praias e restante área de Jurisdição da Capitania do Porto de Lisboa, cujos limites são os que se indicam abaixo.

Na faixa costeira, desde a torre de São Julião da Barra, inclusive, até ao paralelo junto ao lugar de Galherão; no rio Tejo e seus braços até Vila Franca de Xira, rio Sorraia até à linha tirada da pirâmide do Mouchão da Cabra e rio Coina até à ponte.


 

DESPACHO Nº 158/2020

 

O Presidente da Câmara Municipal do Barreiro, Frederico Alexandre Aljustrel da Costa Rosa, faz saber e comunica que considerando o panorama Nacional e Internacional, tendo a OMS declarado pandemia referente ao COVID-19 e o Plano de Contingência COVID-19 aprovado e divulgado pelo Município do Barreiro;

 Considerando as competências próprias da alínea v) do n.º 1 do artº 33 do Anexo I da Lei nº 75/2013 de 12 de setembro, conjugado com o disposto na alínea ee) do mesmo diploma legal, cuja competência foi delegada por deliberação camarária nº 320/2017 de 26/10/2017 e, bem assim, para efeitos do estabelecido no Decreto-Lei nº 48/2011, de 1 de abril, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei nº 10/2015, de 16 de janeiro, na sua redação atual, e face à competência que lhe é própria de atribuir o devido licenciamento para manutenção em atividade das esplanadas em todos os estabelecimentos comerciais e espaços da cidade,
 

SUSPENDE COM EFEITOS IMEDIATOS OS LICENCIAMENTOS ATRIBUÍDOS PARA O FUNCIONAMENTO DE TODAS AS ESPLANADAS N0 CONCELHO DO BARREIRO, sem data prevista para a revogação do presente despacho.

Mande-se divulgar no site do Município e demais locais de estilo em conformidade com a Lei.

Barreiro, 15 de março de 2020

O Presidente

Frederico Rosa

 

| 2020.03.15 |                                                             topo

 

10.março.2020

NORMA 01 - JNE

Foi hoje divulgada a Norma 01 do Júri Nacional de Exames que contém as Instruções para a Realização de Provas e Exames do Ensino Básico e do Ensino Secundário.

Podes consultar aqui a Norma 01 - JNE.

Todas as informações sobre Exames e Provas Nacionais podem ser consultadas na página Exames 2020.

 

| 2020.03.10 |                                                             topo

 

junho.2019

CALENDÁRIO LETIVO PARA 2019/2020

O Ministério da Educação fez publicar o  Despacho n.º 5754-A/2019, de 18 de junho, que define o calendário escolar para o ano letivo de 2019/2020.

O mesmo calendário, para além de definir o início e o fim dos 3 períodos e as interrupções escolares, fixa também as datas das provas de aferição, das provas finais de ciclo, das provas de equivalência à frequência e dos exames nacionais.

 

Versão do calendário (2019/2020) em Word (docx) editável para marcação de testes, aniversários... (ensino básico e secundário)

Versão do calendário (2019/2020) em Acrobat (pdf) para imprimir e escrever manualmente (ensino básico e secundário)

 

| 2018.09.02 |                                                                                       topo

8.janeiro.2020

MEMÓRIA DO 1º PERÍODO

Podes ver o que aconteceu no 1º período deste ano clicando AQUI.

Para veres a memória do 2º período clica AQUI.

 

| 2020.04.13 |                                                                           topo

 
ESCLARECIMENTO

Os textos e as fotos não assinadas são da autoria e responsabilidade do administrador do site.

 

Renato Albuquerque (administrador de www.aecasquilhos.pt)

webmaster.casquilhos@gmail.com